Praia Pajuçara
roteiro

Roteiro de 1 dia em Santarém com Alter do Chão – O Caribe brasileiro

Santarém é uma das principais cidades do Pará, que inclusive, há 2 anos atrás passou por um plebiscito para se tornar um Estado (que se chamaria Tapajós) já que seu território é o maior dentre os municípios brasileiros, tendo certos distritos que chegam a 1.000km de distância do centro da cidade. É uma cidade de 340 mil habitantes, já que 2 municípios se emanciparam recentemente. Sua economia é baseada na pesca e agricultura, exporta-se muita soja o que atrai gaúchos a procura de suas terras fartas e isso influencia em sua rica culinária, que é composta por paraenses, cearenses e de gaúchos.

Visitei a cidade durante a viagem de barco de Manaus a Belém que pode ser vista com mais detalhes aqui. Nessa ocasião, o barco chega às 10h da manhã e sai às 15h para seguir sua navegação. Dessa forma, como teria apenas algumas horas e queria conhecer Alter do Chão, contratamos um taxista no porto e fizemos um roteiro bem rápido apenas passando pelos principais pontos que compartilho a seguir.

Principais atrações de Santarém

  • Alter do Chão: distrito a 37km de Santarém que é conhecido como o “caribe brasileiro”, sua praia foi eleita pelo jornal inglês  The Guardian como uma das 10 mais belas do mundo.
  • Praia Ponte de Pedra: conhecida por muitos como a 2ª mais bela de Santarém, no caminho sentido Alter do Chão;
  • Praia da Pajuçara: praia de fácil acesso, próxima de Santarém;
  • Maracanã: praia muito frequentada pelos locais;
  • Centro e prédios históricos com Igrejas
  • Lago do Maicá: próximo a Santarém, fácil acesso, bom para pescaria na época da cheia e visualização de pássaros e animais.
  • Museus: Arte Sácara, Dica Frazão, João Fona

 

Roteiro pelas principais atrações de Santarém

Como o tempo era curto, nosso motorista que nos guiou procurou fazer um trajeto mais plausível para abranger  os principais pontos que eu gostaria de conhecer. Pelo que “assuntei” com meu “guia” e pesquisei sobre as atrações da cidade, parece que não tem muito mais o que ser feito além do que está citado aqui (adições serão muito bem vindas!!), a única diferença é que com o dia inteiro (ou, com sorte, alguns dias), poderá usufruir mais de cada um desses lugares, já que possui uma das praias mais bonitas do Brasil e do mundo e algumas das atrações pelas quais só passei em frente.

Começamos pelo porto, de onde descemos e provavelmente você também fará isso, a não ser que venha pelo aeroporto (e aí é só trocar o roteiro, começando por Pajuçara). Pegamos o táxi, negociamos com ele um valor que fechamos em R$250 para darmos uma volta no Centro e seguir para Alter do Chão, Praia da Ponte de Pedra e Pajuçara devido ao tempo apertado e por não encontrar excursões que se adequassem ao horário disponível. Por sorte, pegamos um motorista muito bom que simpaticamente foi nos explicando tudo (carro bom, com ar e aceita cartão), cujo contato, eu anexo abaixo.

Saindo do porto, tem diversas agências que vendem passagens para as cidades do Norte em vias fluviais ou algumas com excursões, mas essas estavam fechadas. A esquerda ficam alguns táxis parados onde pegamos o nosso. A partir daí, subimos margeando a orla, logo no início, tem o Mercado de Peixes e a frente o Terminal Turístico (onde há Centro de Informações e saem alguns passeios), em frente a ele, em terra firme, encontra se a Praça da Matriz, o Museu João Fona, também conhecido como Museu de Santarém, para mais informações veja aqui. Em seguida, subimos a Rua que logo nos leva a Praça São Sebastião onde fica o Colégio mais antigo da cidade e uma Paróquia, contornamos a praça e seguimos pela Rua dos Artistas rumo a R. Floriano Peixoto, uma das principais do comércio central de Santarém. Assim, passamos pelo Museu Dita Frazão que expõe o artesanato santareno e o Solar Barão de São Nicolau, um lindo prédio tombado pelo Patrimônio Histórico todo revestido com azulejos a la Portugal. Assim, passamos pela parte de trás da Matriz até ter acesso a mesma por uma rua paralela a da Orla principal, ali descemos pela 1ª vez para conhecer rapidamente a Matriz que é bem bonita de longe, toda azul, mas por dentro não impressiona tanto… Dalí mesmo, de dentro dela, é possível apreciar o encontro das águas. Quase que no mesmo prédio da Matriz, encontra-se o Museu de Arte Sacra. Como dito acima, tínhamos apenas algumas horas então apenas passamos por estes lugares, alguns nem descemos do carro.

Santarem

Seguimos pela Avenida Tapajós, é possível visitar o Mercado Modelo, um dos principais centros comerciais de Santarém e seguimos até o Teatro Municipal, o antigo Teatro Vitória. Dali passamos pelo Shopping Paraíso (que é o mais próximo do centro) e seguimos pela BR 163 para pegar a Av Fernando Guilhon (onde fica o Hotel Açay, um dos maiores da cidade e o shopping Rio Tapajós) e assim seguimos para as praias pela PA 457.

No caminho, diversas comunidades ao entorno de seus respectivos Igarapés e balneários, algumas fazendas e até que na altura do KM 24 aproximadamente, tem a entrada para a Praia da Ponte de Pedra. Uma das principais e mais lindas praias de Santarém. A partir da entrada que leva a praia, são cerca de 10km de estrada de chão com bastante costeletas, ela é semi deserta, pois apesar de não ter muita estrutura, sempre tem algum turista. Optamos por não visitar com medo de não dar tempo, mas talvez em seu caso dê.

Praia Ponte de Pedra - Rio Tapajós - Santarém

Praia Ponte de Pedra – Rio Tapajós – Santarém

Seguindo adiante pela PA457, chegamos ao pequeno distrito de Alter do Chão e logo nos deparamos com seu cartão postal, coroado por uma charmosa ilha de areia no meio, um recanto acessível de canoa (R$5,00 que os barqueiros cobram para fazer a pequena travessia), lá há barraquinhas típicas com teto de palha que oferecem petiscos e refeições.

Fonte: GoldTrip

Fonte: GoldTrip

Seguindo adiante, bem em frente à pracinha principal de Alter do Chão, tem a Praia do Cajueiro, claro que, cheia de árvores de Caju que a embelezam mais.  As duas praias são literalmente coladas uma a outra, mas pra chegar de carro, tem que dar uma volta por trás da praça e é aí que se encontra uma praça mais acima onde acontece o famoso Festival do Sairé, uma festa religiosa que tradicionalmente ocorre em setembro, para mais detalhes, veja aqui.

Dalí, retornamos para Santarém seguindo rumo a Pajuçara, outra praia que gostaria de conhecer e que fica a uns 25 minutos de Alter do Chão, uma bela praia bem longa com alguma estrutura de serviço também. Para quem está em Santarém, ela fica bem próxima, de fácil acesso à cidade. E assim finalizamos o passeio de volta ao porto..

 

Praia Pajuçara

Praia Pajuçara

DICAS (que os locais me passaram, eu não fui):

Restaurantes recomendados: Lá em casa (que só abre a noite), Piracema e Raiana

Para sair a noite: Avesso Bar, Celeiro Bear, Estação Show Bar

Se tiver mais tempo, tem a praia Mara José e Carapanari perto da Pajuçara e  Araaria pra frente de Alter

Contato do nosso (muito recomendado) Táxi\guia: Júlio Cesar: (93) 99196- 5723

 

Obs: No dia o tempo estava nublado então as fotos não ficaram tão bonitas, então essas são fotos de divulgação da internet.

 

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO