Dubai-photo intercontinental [960 x 720]
Roteiros

5 dias em Dubai com Abu Dhabi e Omã

Dubai é uma cidade fascinante e com muita, muita coisa pra ver e fazer. Então foi  difícil consolidar esse roteiro em 5 dias, especialmente pois eu queria visitar Abu Dhabi, Omã, e dedicar um dia para aproveitar hotel, mas consegui fazer as principais coisas que tinha vontade, então acho que foi um arranjo que pode ser útil para quem tiver interesses similares!

No 1º dia, chegamos à noite  (então não contei no roteiro) e ainda cansados do fuso horário e voos,  fomos surpreendidos pelo belo aeroporto, lindo e moderno! Na saída, taxistas mulheres com lenço rosa encobertando o cabelo é uma opção para nos levar até o hotel escolhido. Taxis lá são relativamente baratos e Inglês é comumente falado.

Nós optamos por ficar 4 noites em um hotel “comum” e a última noite em algo mais especial (afinal era Lua de Mel!), fiquei muito na dúvida do qual seria esse tão especial, já que lá tem tantos, meu coração bateu forte pelo One&Only, já que adoro esse rede e o de lá é lindíssimo e com decoração típica, mas acabei ficando no Atlantis, um ícone da cidade. As primeiras noites nos hospedamos no Chelsea Tower Suites & Apartments, bem na  Sheikh Zayed Road,  uma das principais referências da cidade que te leva a todos os pontos de interesse.  Com ótima localização, no entanto numa área menos badalada turisticamente foi um custo benefício excelente! Havia metrô em frente que te levava em 10 minutos ao Shopping de Dubai por exemplo. Numa cidade onde quase não se anda a pé, achei estrategicamente perfeito! Já que, devido ao calor a vida gira dentro de um carro (e que carro!) pros locais ou em passarelas rolantes, e tubos ar condicionados por onde caminhamos até os destinos pretendidos.

Mais uma surpresa, nos deparamos com um belíssimo, amplo e bem equipado apartamento de 2 quartos. Felizmente, nos alocaram no 33º andar, além disso, nossa suíte ficava exatamente na esquina do prédio e pra completar, as paredes eram de vidro! Então, da cama, tínhamos uma vista incrível de toda a cidade e da piscina no terraço que ficava aberta até de noite, se  avistava  até a Burj Khalifa. Bem vindos a Dubai!

Dia 1- Deserto de Dubai

Acordamos tarde e cansados, então optamos pela manhã livre, fomos ao mercado (Carrefour) bem pertinho, onde todas embalagens são gigantes e pudemos observar um pouco a cultura dos locais. Marcamos 3 passeios com o Concierge do hotel.  O primeiro, sairia naquele mesmo dia as 15h e era pelo qual eu tanto esperava, o que chamam de Safari no Deserto! Carro 4 x4 (com MUITA emoção!) e pôr do sol nas Dunas, passeio de Camelo, pinturas com henna, apresentações de dança do ventre e comida típica… Ok, meu marido achou muito “turístico” ou melhor, “pra turista ver” mas achei muito válido e me proporcionou experiências incríveis!! Sem dúvidas, é um MUST DO! Para agendar, basta procurar em qualquer agência pelo Safari no Deserto, no caso, fizemos o da tarde que termina por volta de 22h. O preços atuais giram entre 80 e 100 EAD. Existem opções com overnight no deserto também.

Pra você que acordou mais disposto, pode aproveitar nesse dia para visitar a Marina de dia (que não fiz) e é linda!

O Safari no Deserto

O deserto é relativamente próximo e infelizmente isso atrai um turismo sem consciência, havia muito lixo! Mas o passeio de 4 x 4 foi divertido, com bastante emoção a ponto de não se acreditar que a lei da gravidade estava a nosso favor! Após brincar de rally nas dunas,  paramos para observar o belo pôr do Sol e então seguimos pro acampamento onde seriam as outras atrações.

Já sem o brilho do sol, chegamos ao acampamento com som local entoando nossas emoções atreladas as tochas que iluminavam a chegada. Partimos para o breve passeio de camelo. Sim, praticamente só pra tirar fotos, isso se seu colega de passeio conseguir não cortar a cabeça do camelo!

dubai camelo [960 x 720] dubai camp [960 x 720]

Após o breve passeio, entramos no acampamento onde artesãos vendem seus trabalhos, mulheres fazem tatuagem de henna, no centro as apresentações de danças e mágica que logo começariam e o jantar sendo preparado, tudo bem clichê, mas faria 100% igual na próxima vez!

Dia 2- Musandam em Omã

Dessa vez nosso dia foi tomado por uma longa excursão até Omã em Musandam e Kashab. País até 35 anos atrás sem nenhuma estrutura e que hoje podemos ver que está em construção e em crescente investimentos no turismo. Mais “fechado” que os Emirados Árabes, muito próximo ao Irã, estava curiosa por conhecer!

oma paisagem tipica [960 x 720]

Veja mais sobre como foi esse dia aqui.

 

Dia 3- Abu Dhabi

Esse dia nos dedicamos a Capital do Emirados árabes, Abu Dhabi, um passeio de cerca de 8 horas que nos permitiu ter um gostinho bem completo do local, já que segundo as pesquisas que havia feito, conseguimos “matar” os principais pontos, sendo que, a Sheikh Zayed Grand Mosque é sem dúvidas o ponto alto de Abu Dhabi e só ela em si já me faria atravessar o mundo pra conhecer! Esse tour também é facilmente agendado com o Hotel ou agencias pela internet sem grandes variações, inclusive, pelo que pesquisei e conversei com outros turistas, o roteiro do tour privado ou em grupo é exatamente o mesmo. Essa excursão hoje é encontrada por cerca de 220AED.

À noite, passeamos pelo “The walk” como é chamado o calçadão JBR que fica na região da Marina de Dubai. Para chegar até lá, use o metrô até a estação Dubai Marina. É uma experiência pertinente para compreender ainda mais a cidade. Por ali desfilam os maiores e mais caros carros das arábias! É uma região badalada por suas opções de restaurantes e charmosos cafés, então uma noite passeando por ali te permite ver as mulçumanas fashion com suas bolsas e sapatos de grife encobertos pela capa preta, assim como o árabes em sua vestimenta típica, uma túnica branca com o lenço na cabeça sempre acompanhado de seus carros enormes e exóticos. Algumas horas ali vi a maior ostentação do luxo do que somado ao longo da minha vida rs. Se conseguir chegar ainda de dia, a região da Marina é muito bonita!

Dubai-photo intercontinental [960 x 720]

Foto: divulgação Intercontinental

 

Dia 4- Dubai  principais atrações

Finalmente um dia dedicado à cidade de Dubai, foi um dia muito longo e divertido! Fomos visitar os hightlights.  Fizemos tudo de metrô ou a pé, visto que depois do metrô até chegar ao ponto turístico em si, geralmente tem  galerias internas e refrigeradas pra se caminhar de um ponto ao outro e com esteira rolante, em alguns casos, pra encurtar a distancia!

Começamos com o Shopping Mall of the Emirates (que fica em frente à estação de mesmo nome) onde o foco era se divertir no Snow Park ou Ski Dubai, como tínhamos pouco tempo e até aprender o ski toma dias rs, optamos por nos divertir com as outras atrações do parque. Eles alugam a roupa e compramos apenas as luvas, tudo bem organizado. É incrível existir algo assim construído pelo homem e num local tão quente como aquele, fiquei nervosa em pensar no planeta! Essa é pra mim a maior contradição de lá, com tão poucos recursos naturais e o esbanjam assim… Mas fomos egoístas e foi demais! Tinha uma bola gingante que você entra nela e desce rolando, boias onde pode ir a dois e fazem um percurso tipo montanha russa num corredor de neve por onde deslizávamos em alta velocidade.

Mas o frio era tanto que não estávamos aguantando, foi difícil tirar fotos, então mesmo com um revigorante chocolate quente no Avalanche Café, que fica dentro do parque e podendo apreciar a bela vista que sua varanda possibilita, não demoramos muito por lá… Mas valeu muito a visita!!!

Visite o site oficial para ver valores e outras informações e dê uma olhada nesse vídeo informativo do parque (infelizmente só encontrei em Inglês)

 

 

dubai ski

Depois fomos conhecer o maior shopping de Dubai e mais interessante também, o Dubai Mall, onde tudo acontece! Fica na  Sheikh Zayed Road, em Downtown, na estação Burj al Khalifa próximo ás principais atrações da cidade, como a Fonte Dançante e a Burj al Khalifa. Pra mim, sua grande atração é o aquário gigante. “Bota” gigante nisso! Tem também seu adjacente zoológico em baixo d’agua, você se perde com tantas opções!

Aquário no Dubai Mall

Um dos maiores aquários suspensos do mundo com 10 milhões de litros de água abriga milhares de animais aquáticos, dentre eles, tartarugas, tubarões e arraias. Localizado no térreo do Shopping, é possível ser visto de qualquer um de seus 3 andares através de  seu painel gigante de acrílico que encobre o tanque que está até no Guiness Book. Assim, é uma grande atração e gratuita!

IMG_8748

 

Túnel

Há também um túnel de 48 metros de comprimento que te faz sentir dentro do aquário, ou ao menos, em baixo dele! Com uma visão panorâmica de 270 graus de 11 metros abaixo da superfície do tanque, das opções pagas que fiz, é a que mais vale a pena!Simplesmente A.M.E.I!

Underwater Zoo

O Zoológico em baixo d’gua é também cobrado a parte, é impressionante pois possui muitas espécies exóticas e recriam um habitat de forma bastante interessante, reconstruindo até um ambiente tropical e com direito a ponte suspensa que te leva pela “mata”. Esse achei meio forçado, mas vale também a visita, pois tem pinguins, peixes incríveis  e répteis, ainda demos a sorte de encontra um pinguim acasalando, algo que dizem que é raro!

Barco com piso de vidro

Uma vez no Underwater Zoo, você pode adquirir um ingresso extra e também fazer o passeio pelo aquário em um barco onde além da explicação, era possível ver os peixes, arraias e tubarões de baixo do barco, é uma sensação  um tanto inusitada, uma mistura de excitação e medinho (vai que esse vidro quebra e viro isca de tubarão ?). É rápido, o  circuito é muito pequeno, nada demais, mas vale também pela sensação do vidro e a emoção que o ângulo te permite.

Outras opções no Dubai Mall

Não cheguei a experimentar, mas você pode também fazer um Snorkel dentro de uma gaiola no tanque, ou ainda, se estiver a procura de mais emoção, mergulhar com eles (necessária habilitação para mergulho com cilindro).  Ou patinar na pista olímpica do Ice Rink, todas opções pagas a parte.
Para informações sobre horários e tickets, visite aqui o site do aquário.
Após esses passeios e uma rápida visita ao Shopping e suas lojas de grife, saímos do mesmo para explorar os arredores, onde a vista para a Burj al Khalifa sempre nos rodeia (ela pode ser vista a 100km de distancia!)

burj kalifa [960 x 720]

Fomos então conhecer o Souk Al Bahar, que pra mim, de Souk não tem nada, é um shopping lindo arquitetonicamente com opções de restaurantes, bares e suas lojas, embora tentem vender a ideia como uma experiência árabe, só valeu a pena pois já estava ali do lado… Mas sem dúvidas esse é o ponto de partida pra apreciar um dos maiores espetáculos, as Fontes Dançantes! Não imaginei que um dia fosse me emocionar com algo assim, mas acredite, até os mais incrédulos se rendem, é incrível, lindo e emocionante! É a composição de um jogo de luzes e movimentos das águas que acompanham a música, tudo isso com o prédio mais alto do mundo ao fundo!

 

Dia 5- Hotel Atlantis

Dia dedicado à diversão no Hotel Atlantis que conto em detalhes no post “Hotel Atlantis – Dubai”. À noite pegamos um voo com o destino para as Maldivas!

Desse roteiro, a única coisa que faria diferente , caso não tenham o interesse que eu tive, era substitui o dia de Omã para se dedicar mais a Dubai e pelo menos almoçar no icônico hotel Burj al Arab e assistir um pôr ou nascer do sol da Burj al Khalifa.

IMG_8956

DEIXE SEU COMENTÁRIO